Como retardar o envelhecimento cerebral: Uma análise neurocientífica

Autores/as

  • Elodia Avila Médica Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica São Paulo- Brasil
  • Rafaela Ávila Romano Estudante de Medicina pela Faculdade Anhembi Morumbi São Paulo- Brasil
  • Dr Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues Pós doutor e PHD em neurociências Logos University International, UNILOGOS

DOI:

https://doi.org/10.61368/r.s.d.h.v5i1.76

Palabras clave:

Neuroplasticidade, Desenvolvimento, Aprendizado

Resumen

O aprendizado de algo novo age ativamente como agente rejuvenescedor em nosso cérebro, trazendo também mais conexões entre os neurônios.  Além disso, existe também a neuroplasticidade que pode ser utilizada como forte arma contra doenças neurodegenerativas, inclusivamente pode ser utilizada em favor do rejuvenescimento cerebral, visto que é uma técnica que visa aumentar o desenvolvimento e a adaptabilidade do cérebro. Foi realizado um levantamento bibliográfico sobre neuroplasticidade e sobre as técnicas disponíveis para o rejuvenescimento do cérebro, assim como uma análise acerca da neurociência relacionada a esta realidade. A neurociência explica de forma didática e clara as variáveis que influenciam no desenvolvimento do nosso cérebro, bem como demonstra além dos fatores científicos, genéticos e fisiológicos, mas também informa os pontos sociais de influência no desenvolvimento e rejuvenescimento cerebral.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Relvas, Marta Pires. Neurociência na prática pedagógica. Digitaliza Conteúdo, 2023.

Rodrigues, Fabiano de Abreu Agrela; carvalho, Luiz Filipe Chaves; De Oliveira Rodrigues, Fabio. Desenvolvendo um Cérebro Ágil: como os Hábitos Influenciam na Aprendizagem, Memorização e como Obter Melhor Desempenho. International Journal of Professional Business Review, v. 8, n. 4, p. e01930-e01930, 2023.

De Lourdes Coelho, Maria et al. Fatores determinantes do envelhecimento saudável: contribuições da neurociência. 2020.

De Castro, Marianna Ingegneri Monteiro. O envelhecer e as doenças neurodegenerativas-como a plasticidade cerebral pode auxiliar na prevenção e tratamento da Doença de Alzheimer. 2021. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

Melo, Tiago Lira et al. Neuroplasticidade. Revista de trabalhos acadêmicos-universo Recife, v. 4, n. 2, 2017.

Arantes, Ana Claudia Quintana. Como envelhecer. Palestra proferida no Ambulatório do Metrus. Vídeo. Disponível em . Acesso em 12 Fev. 2023.

Dadalto, Eliane Varanda; Cavalcante, Fátima Gonçalves. O lugar do cuidador familiar de idosos com doença de Alzheimer: uma revisão de literatura no Brasil e Estados Unidos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 26, p. 147-157, 2021.

Caimar, Bruna Araújo; Lopes, Gabriel César Dias. Neuroplasticidade: Uma análise da neurociência. Cognitionis Scientific Journal, v. 3, n. 1, p. 1-7, 2020.

Melo, Tiago Lira et al. Neuroplasticidade. Revista de trabalhos acadêmicos-universo Recife, v. 4, n. 2, 2017.

De Sales Santiago, Patrícia Rosany; Rodrigues, Fabiano de Abreu Agrela. A influência do processo nutricional na melhora do desempenho cognitivo. Cuadernos de Educación y Desarrollo, v. 15, n. 1, p. 218-229, 2023.

De Souza, Dalila Teotonio Bernardino; De Morais Lúcio, Jordânia; Araújo, Adiene Silva. Ansiedade e alimentação: uma análise inter-relacional. In: II Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde. 2017.

Cerqueira, Monique Borba. Digressões sobre saúde, envelhecimento e vida saudável na contemporaneidade. Mediações-Revista de Ciências Sociais, v. 17, n. 2, p. 26-40, 2012.

Antonio, Carlos Roberto et al. Hormônios no rejuvenescimento: revisão de sua real eficácia. Surgical & Cosmetic Dermatology, v. 4, n. 4, p. 322-330, 2012.

Matsudo, Sandra Mahecha; Matsudo, Victor KR. Prescriçäo e benefícios da atividade física na terceira idade. Rev. bras. ciênc. mov, p. 19-30, 1992.

Florindo, Margarida; Pedro, Ricardo. O processo de aprendizagem motora e a neuroplasticidade. SalutisScientia–Revista de Ciências da Saúde da ESSCVP, v. 6, p. 20-26, 2014.

Lopes, Marcos A.; Bottino, Cássio. Prevalência de demência em diversas regiões do mundo: análise dos estudos epidemiológicos de 1994 a 2000. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 60, p. 61-69, 2002.

Chaves, José Mário. Neuroplasticidade, memória e aprendizagem: Uma relação atemporal. Revista Psicopedagogia, v. 40, n. 121, p. 66-75, 2023.

Huang, Li-Kai; Chao, Shu-Ping; HU, Chaur-Jong. Ensaios clínicos de novos medicamentos para a doença de Alzheimer. Revista de ciências biomédicas , v. 27, n. 1, pág. 1-13, 2020.

Mattos, Emanuela Bezerra Torres; Kovács, Maria Júlia. Doença de Alzheimer: uma experiência única de cuidadores familiares. Psicologia USP , v. 31, 2020.

Olimpio, Robert Willian et al. Qualidade do sono para uma melhor qualidade de vida. Archives of Health Investigation, v. 5, 2016.

Descargas

Publicado

2024-03-25

Cómo citar

Avila, E., Ávila Romano , R., & Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues. (2024). Como retardar o envelhecimento cerebral: Uma análise neurocientífica. Revista Científica De Salud Y Desarrollo Humano, 5(1), 84–95. https://doi.org/10.61368/r.s.d.h.v5i1.76

Número

Sección

Artículos